terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Uma faca do início ao fim: 5. Fazendo o cabo

Dando prosseguimento, hoje vou demonstrar o meu método de encabar a faca.

Vamos lá!


Peço à todos vocês que, assim como eu tenho compartilhado conhecimento, que vocês possam também compartilhar este artigo em suas redes sociais. É só compartilhando conhecimento que a cutelaria brasileira irá atingir seu máximo potencial!

Que Deus abençoe à todos!

A primeira coisa que faço é definir o ângulo do corte da face 
que vou embutir a espiga.
Para economizar tempo, uso um modelo onde desenho o perfil
do modelo do cabo que vou fazer.

Cortando a face da espiga.

Lixando pra deixar totalmente plano.

Agora eu marco somente o limite superior do cabo.

Posiciono a faca e risco o perfil da espiga, claro, 
respeitando o limite superior que risquei,
alinhado ao dorso da faca.

Posição da espiga e limite superior do cabo.

Com um paquímetro, eu tiro a medida da diagonal da seção transversal da espiga.

Escolho uma broca com 2 milímetros menor do que a medida da foto anterior.
Posiciono a broca no mesmo ângulo do risco da espiga.

Furando. Materiais macios, alta rotação. Materiais duros, baixa!

Prendo a faca com couro na morsa 
e aqueço toda a extensão da espiga com um maçarico à gaz de cozinha.

Coloco a espiga quente no bloco. 
Lembre-se de manter o fio da lâmina alinhada ao centro da largura do bloco.

Olhando contra a luz em busca de frestas.

Lixando o bloco até suprimir todas as frestas.

Lâmina perfeitamente assentada.

Riscando o perfil da bombinha.

Riscando o perfil do cabo.

Perfil riscado.

Cortando o perfil.

Tirando o excesso de material do perfil.

Afinando o bloco próximo à bombinha.

Dando formato tridimensional ao cabo.

Com o canto de lixa 50, faço alguns sulcos para a cola
afixar o cabo, sem a necessidade de pinos.

Sulcos para cola.

Misturando epóxi bi-componente.

Jogando dentro do alojamento da espiga.
Em dias frios, eu aqueço um pouco a cola com um soprador térmico,
de modo à deixá-la menos densa, para que escorra melhor.

Usando um gabarito para ajustar o cabo 
e não ter que ficar segurando com a mão até que a cola seque.

Limpando o excesso de cola com um pano velho.

Com uma escova de dentes molhada em álcool combustível, 
eu removo o restinho de cola que sobrou.

Finalizando o acabamento com uma lixa grão 400,
flexível e sem apoio de mesa vertical.

Para o acabamento do cabo, faço um "engraxate"
com uma lixa flexível e óleo para madeira (qualquer um serve).
Com isso a faca está encabada!



"De fato, vocês ouviram falar dele, 
e nele foram ensinados 
de acordo com a verdade 
que está em Jesus.
Quanto à antiga maneira de viver,
 vocês foram ensinados 
a despir-se do velho homem, 
que se corrompe 
por desejos enganosos"
Efésios 4:21,22





Para receber emails de Facas Disponíveis, 
Vídeos, Artigos e Informativos sobre Eventos, 
cadastre-se, enviando email para:

e.berardoknives@gmail.com

Contato:
Email: e.berardoknives@gmail.com
Celular: (17) 99727-0246
Telefone Fixo: (17) 3525-2595

11 comentários:

  1. Qual o material desse cabo berardo? Mesmo processo aplicaria para o cabo de talas de marfim de mamute.?
    Parabens pelo trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Como marceneiro só faltava ver o encabamento e digo que babei em todas fazes. Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Como marceneiro só faltava ver o encabamento e fiquei babando como em todos videos. Parabens

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Berardo, parabens pelos tutoriais extremamente bem feitos e muito elucidativos.O conhecimento partilhado viaja longe. O conhecimento guardado é como o livro na estante servindo apenas de comida para as traças analfabetas. Neste tutorial do cabo tomo a liberdade de dar um pequeno piteco: é que quando aquece a cola você a deixa menos viscosa portanto mais liquida e não menos densa que seria deixa-la mais leve. Mais uma vez parabens pelos excelentes trabalhos.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo seu trabalho tento fabricar facas nas minhas horas de folga tenho visto alguns trabalho seu e fico de boca aberta sou de rio preto oque vocé diria para quem esta no inicio um abraço

    ResponderExcluir
  8. Sempre tive dúvidas sobre o processo de fazer o cabo. Parabéns pela iniciativa de repassar o seu conhecimento.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns, excelente trabalho, obrigado por compartilhar!

    ResponderExcluir
  10. Foi muito esclarecedor e satisfatório essas dicas de como colocar o cabo na espiga. Parabéns.

    ResponderExcluir