sexta-feira, 15 de maio de 2015

Demolidora

Inspirado no projeto do Facão Brutus, um de meus projetos que teve excelente repercussão, decidi promover uma mudança importante, colocando um cabo pistol grip, que é muito adequado para facas de campo, por sua ergonomia, conforto e segurança.

O resultado está aí, e foi batizado de Demolidora, pois é exatamente isso que esta faca potente e robusta é.

O cabo foi feito de Mango Havaiano estabilizado, uma madeira muito dura, bonita e pesada que caiu perfeitamente bem ao conceito. A fixação foi feita com dois pinos mosaicos.

Na extremidade final do cabo, foi instalado um providencial passador de fiel, muito adequado para facas pesadas.

A lâmina foi feita em design Arkansas, do qual sou grande admirador, pelo alto poder de corte, conferido pela curvatura acentuada do fio, e pela capacidade de perfuração, devido a ponta agressiva.

O padrão escolhido para o damasco foi o sempre belo Ladder, que combina em absoluto com sentido do rajado do cabo.

Espero que gostem. Abração e um excelente final de semana!






Vivo Celular: (17) 99727-0246
Claro Celular: (17) 99193-6996
Telefone Fixo: (17) 3525-2595

segunda-feira, 27 de abril de 2015

6 Facas Premiadas na Mostra Internacional de Cutelaria!

Neste último final de semana, nos dias 24 e 25 de abril, tivemos a 4ª edição da Mostra Internacional de Cutelaria, que aconteceu no Centro de Eventos São Luís, em São Paulo, Capital.

Dentre os diversos participantes, contamos com as presenças ilustres dos cuteleiros norte-americanos Jerry Fisk (Mastersmith), James Cook (Mastersmith) e do cuteleiro Georgiano Zaza Revishvili, os quais compuseram a Comissão de Julgamento do Concurso das Melhores Facas do Evento.

Deus me deu a felicidade de ser agraciado em 6 categorias diferentes, quais sejam:
- Melhor Lâmina de Arte;
- Melhor Faca Bowie;
- Melhor Faca de Luta;
- Melhor Faca de Cozinha;
- Melhor Faca Gaúcha;
- Melhor Faca de Caça.

A criação da categoria de Melhor Faca de Luta foi decidida pela organização do evento no momento do início da coleta das facas concorrentes em cada categoria. Por isso, na premiação não foi entregue o respectivo troféu, mas fui comunicado pessoalmente por Roger Glasser, Organizador e Promotor do evento, que minha faca foi a vencedora da categoria e que me seria enviado o respectivo troféu posteriormente.

Para mim é um momento muito especial da carreira e eu gostaria de compartilhar esta alegria com todos aqueles que acompanham e incentivam meu trabalho.

Um grande abraço à todos!


Melhor Lâmina de Arte





Melhor Faca Bowie




Melhor Faca de Luta





Melhor Faca de Cozinha





Melhor Faca Gaúcha





Melhor Faca de Caça




Vivo Celular: (17) 99727-0246
Claro Celular: (17) 99193-6996
Telefone Fixo: (17) 3525-2595

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Faca Disponível! VENDIDA!

Olá Pessoal, estou disponibilizando esta faca de Chefe de Cozinha, cujos dados técnicos são:

Tipo: Chefe de Cozinha.
Modelo: Sabatier (França).
Aço: damasco, em padrão Rain Drop com 220 camadas.
Lâmina: medindo pouco mais de 8 polegadas de comprimento. A espessura tem apenas 2 milímetros, o que faz da peça extremamente leve e funcional.
Cabo: em raiz estabilizada de Maple (madeira símbolo da bandeira do Canadá, endêmica da América do Norte) em raros dois tons, de salmão e caramelo, separados por uma linha em preto. Trata-se de uma configuração muito bonita e rara desta madeira. O cabo é estabilizado com resina, o que impede rachaduras e contaminações com fungos e bactérias, sendo ideal para o uso na cozinha!

Interessados entrem em contato por:
Vivo Celular: (17) 99727-0246
Claro Celular: (17) 99193-6996
Telefone Fixo: (17) 3525-2595












Interessados entrem em contato por:
Vivo Celular: (17) 99727-0246
Claro Celular: (17) 99193-6996
Telefone Fixo: (17) 3525-2595

sexta-feira, 20 de março de 2015

Porquê amamos tanto as facas?



O grande cuteleiro norte-americano Jerry Fisk, um dos meus ícones na cutelaria disse, numa palestra aqui no Brasil, em março de 2006:


"Todo homem gosta de facas. 
Ele pode até não saber disso, mas gosta!"



É incrível o fascínio que temos por uma boa faca. É algo místico, ancestral e explicável!!!


O Grande Jerry Fisk.

Já vi em diversas circunstâncias, durante eventos de cutelaria, ou reunidos informalmente num grupo de amantes de facas, um comportamento no mínimo curioso:


A Faca e a Turma.... da Faca!

Diversas pessoas sentadas em volta de uma mesa, com uma ou duas facas sobre esta. 

Alguma destas pessoas pega a faca e permanece com ela nas mãos por minutos, enquanto a conversa vai fluindo. 


Pra quem gosta de facas!!!!

Quando este primeiro larga a faca sobre a mesa, alguém imediatamente a pega e a mantém nas mãos por mais algum tempo enquanto jogamos conversa fora. 

Assim que este segundo larga, uma terceira pessoa pega logo a faca de cima da mesa. 


Adivinhem qual era o assunto???

E esse comportamento se repete indefinidamente por horas. 

Provavelmente todos daquela roda já conhecem cada detalhe daquela faca, mas consciente ou inconscientemente, querem ter a sensação dela nas mãos enquanto conversa. 


Discutindo técnica.

É algo muito... muito legal! É como se reencontrássemos um velho amigo, com quem sempre nos demos muito bem!

A relação do homem e sua ferramenta mais fiel, a faca, remonta à muitos milhares de anos.




Boa parte dos antropólogos afirma que primeira ferramenta construída pelo homem foi uma faca.

Impensável a sobrevivência do homem primitivo sem o instrumento com o qual caçava, preparava seus alimentos e se defendia.


Réplicas de facas primitivas de Sílex, uma rocha
muito cortante com a qual se fazia lâminas.

Qualquer que fosse a região do globo, deserto, neve, selva ou montanhas, o homem dependia da sua faca para permanecer vivo.

Mas, deixando a emoção ancestral de lado, vamos ver alguns de seus atributos...



É um objeto companheiro, pois pode nos acompanhar todos os dias! 
(eu não saio de casa sem uma boa faca e um bom canivete
 dentro de minha mochila de costas! Onde estou, tenho minhas lâminas comigo!)

É útil, pois com ela cortamos e furamos!

É confiável, pois nunca te deixa na mão!


É versátil, pois podemos bater um prego, abrir uma lata ou usar como alavanca!

É um equipamento de socorro, 
pois podemos nos desvencilhar do cinto de segurança emperrado!

É uma arma, pois com ela podemos nos defender!

É um equipamento autônomo, pois quase não requer manutenção,
 não precisa ser regulado, abastecido ou carregado na tomada!

Praticamente todas as culturas do mundo, desenvolveram seus próprios estilos de facas, de acordo com suas aplicações práticas.

Vejamos algumas...

As famosas Puukko, da Finlândia.

A Canadian Knife, do Canadá.

A Tantô, do Japão.

A Kukri, do Nepal.

A Balisong, das Filipinas.

A Bolo, também das Filipinas.

A Nessmuk, do Povo Inuit.

A Ulu, também dos Inuits.

A Persian Knife, do Irã.

A Bowie, dos Estados Unidos.

A Gaúcha, do Brasil.

A Sorocabana, do Brasil.

A Faca de Ponta, do Brasil.

A Karambit, do Camboja.

A Mezzaluna, da Itália.

A Sabatier, da França.

Enfim, a faca é uma ferramenta que não tem defeitos.

A verdade é que além de uma ferramenta de excelência, extremamente útil e confiável, colecionar, produzir e falar de facas é um hobby do qual quem experimenta, não deixa de lado.

O homem e sua faca tem uma relação ancestral de companheirismo e confiança!

E ela é tão importante para nós, que tem até super herói que perderia o emprego, se ficasse sem suas facas!!!


Vivo Celular: (17) 99727-0246
Claro Celular: (17) 99193-6996
Telefone Fixo: (17) 3525-2595